GRUPO TEATRO INVERTIDO APRESENTA 'NOTURNO'

GRUPO TEATRO INVERTIDO APRESENTA ‘NOTURNO’

Sétimo espetáculo da companhia mineira tem direção de Monica Ribeiro e Yara de Novaes e texto de Sara Pinheiro.

Em comemoração aos seus dez anos de trajetória, completos em 2014, o Grupo Teatro Invertido estreia em  10 de janeiro de 2015, sua sétima e mais recente montagem: Noturno. O espetáculo integra a programação da 9a edição do Festival Verão Arte Contemporânea – VAC e ficará em cartaz até o dia 18 de janeiro – de quinta-feira a sábado, às 21 horas, e domingo, às 19 horas – no Teatro Oi Futuro Klauss Vianna, com ingressos a 16 reais (inteira).

Com texto da jovem dramaturga mineira, Sara Pinheiro, e direção de Monica Ribeiro e Yara de Novaes, Noturno tem como pano de fundo uma situação inusitada: o fim do mundo que se aproxima lentamente e já se concretizou em outras regiões do planeta. A trama desenrola-se a partir de um encontro casual entre cinco antigos colegas de adolescência em uma ensolarada tarde de domingo. A iminência de um futuro próximo e inexorável desvela os medos, as contradições, os valores desgastados, os afetos desmedidos e as angústias de típicos representantes da elite brasileira. Essa é  a metáfora que Noturno utiliza para abordar as recentes transformações sociais e naturais vividas no Brasil e no mundo, e a consequente resistência à perda de privilégios e ao reconhecimento da necessidade de estabelecer uma nova ordem.

Como contraponto à natureza desgastada do cenário criado por Ed Andrade, os vídeos de André Amparo e Chico de Paula perpassam todo o espetáculo, completando a narrativa. Em cena, os atores Dimitrius Possidônio, Kelly Crifer, Leonardo Lessa, Rita Maia, Robson Vieira e a atriz convidada Juliene Lellis. O espetáculo conta ainda com trilha de Dr.Morris e iluminação de Felipe Cosse e Juliano Coelho.

Noturno e o Grupo Teatro Invertido
O Teatro Invertido é  reconhecido pela pesquisa original em dramaturgia na criação de seus espetáculos. Ao contrário das peças anteriores, no entanto, criadas por meio de textos colaborativos gerados em processo de ensaios, a montagem de Noturno surge de um texto já pronto. “Não se trata de uma ruptura, mas de uma continuidade da nossa pesquisa. Queremos experimentar, trocar, empreender o que aprendemos em novas vivências”, explica Leonardo Lessa. Noturno também marca o profícuo encontro de gerações entre os atores do grupo, as diretoras e a dramaturga.

As seis peças anteriores do Teatro Invertido são Nossa Pequena Mahagonny (2003), Lugar Cativo (2004), Medeiazonamorta (2006), Proibido Retornar (2009), Estado de Coma (2010) e Os Ancestrais (2013).

 

EQUIPE

[direção]

Monica Ribeiro
A atriz, dançarina, preparadora corporal, diretora e professora do deparamento de fotografia Teatro e Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG, pesquisa a experiência estética e o estado do corpo nas práticas corporais cênicas a partir da interface entre Arte e Ciências Cognitivas, processos de criação e poéticas do movimento cênico. É  consultora de preparação corporal e desenho de movimento cênico do Grupo Oficcina Multimédia e de outros grupos teatrais de Belo Horizonte e São Paulo.

Yara de Novaes
A premiada diretora e atriz belo-horizontina é radicada em São Paulo. Em 2005, fundou o Grupo 3 de Teatro, ao lado de Débora Falabella e Gabriel Paiva.

[texto]
Sara Pinheiro
Atriz e dramaturga, é integrante da Cia do Chá e uma das idealizadoras do projeto Janela de Dramaturgia.

[atuação]
Dimitrius Possidônio, Kelly Crifer, Juliene Lellis, Leonardo Lessa, Rita Maia e Robson Vieira.

[voz em off]
Fernanda Vianna (Grupo Galpão) e Lucas Vianna

[participação em vídeo]
Otto Levy

[assessoria vocal e musical]
Ernani Maletta

[cenário]
Ed Andrade

[figurinos]
Marney Heitmann

[iluminação]
Felipe Cosse e Juliano Coelho

[trilha sonora]
Dr. Morris

[vídeos]
André  Amparo e Chico de Paula

[produção]
Maria Rita Fonseca

[patrocínio]
ArcelorMittal, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, e Fundo Municipal de Cultura de Belo Horizonte

Sinopse
Em um fim de tarde de domingo, à beira de uma piscina, cinco colegas se encontram para assar uma carne. Essa seria uma situação comum na vida desses jovens de classe média, se não fosse a ameaça do fim do mundo que paira no ambiente.

/// SERVIÇO

Noturno, Grupo Teatro Invertido
De 10 a 18 de janeiro de 2015, quinta-feira a sábado, às 21 horas, e domingo, às 19 horas
Teatro Oi Futuro Klauss Vianna, Av. Afonso Pena, 4001, Mangabeiras.
Ingressos: R$ 16 (inteira)
Duração: 60 minutos
Classificação: 14 anos

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Jessica Soares / jessica@canalc.art.br